Yoga e Tribal: Eis a combinação perfeita ?

Hoje eu vim falar de um assunto que me agrada muito: Yoga. 

Eu sei que cada bailarina, encontra pra si uma atividade complementar para ajudar no alongamento e fortalecimento do corpo. Mas porque dentre todos as outras praticas, o Yoga é a mais utilizada pelas grandes mestras e pela grande maioria das bailarinas de Tribal?

Eu posso falar desse assunto sem medo, pois eu percebi que foi depois do Yoga que minha dança se transformou de verdade, além de eu praticamente ter zerado dores e desconfortos. 

No decorrer da minha vida, minha paixão por atividades físicas só cresceu, e cheguei em um ponto onde eu estava praticando de 4 a 6 horas de exercícios variados, praticava musculação, dava de 2 a 3 aulas por dia, fazia o Yoga em horários alternados e também dava aula de Dança aeróbia. Nessas situações, devemos nos preocupar muito com a saúde de nosso corpo. 

Quando comecei praticar Yoga, aos 15, pra mim era muito mais difícil e doloroso, apesar de dançar desde criança eu sempre tive um péssimo alongamento, e nessa época, eu sofria com uma ansiedade grande, o que me fazia sentir dores na lombar também. A força que eu tinha de musculação também nao serviu de nada diante de um estimulo tão diferente e profundo. 

Aos poucos o Yoga foi me equilibrando em todos os sentidos, eu parei de exagerar muito em certos exercícios, curei minha ansiedade e passei a levar a vida de forma muito mais inteligente, preservando a saúde do meu corpo, e criando uma nova consciência. O Yoga também foi uma das chaves necessárias pra minha evolução espiritual e pessoal. 

Mas vamos ao que interessa. Passei observar, que os Ásanas do Yoga impactavam diretamente em meus movimentos na dança quando criei o habito de praticar Yoga antes dos meus treinos pessoais de dança, quando eu nao fazia eu sentia uma diferença tremenda na qualidade dos meus movimentos. Comecei a sentir, que eu estava conquistando, dia a dia, novas habilidades na dança pelas quais eu ainda não havia conseguido antes. 

Muitas vezes eu passei a acreditar que certos movimentos como: cambrees (laybacks & zippers)  e ondulações abdominais (belly Rolls) eram fruto de genética, e que nem todas as pessoas poderiam fazer. 

Mas eu notei, que pouco a pouco, meu corpo foi liberando espaço pra dança, e enquanto eu praticava o Yoga, sentia em alguns Ásanas a mesma sensação de alguns movimentos do Tribal, e isso me fez persistir e me dedicar dia a dia ao Yoga. 

Hoje em dia eu não consigo passar 1 dia sem praticar pelo menos 20 minutinhos diários de Yoga, isso realmente me transformou, não sinto mais dores, mantenho meu equilíbrio, e meu alongamento agora é ótimo, e caminhando para melhorar cada vez mais. 

Eu reuni aqui, alguns dos conhecimentos que eu adquiri estudando o Yoga por esses anos, e vou falar um pouco dessas posturas tão benéficas ao Tribal e a Dança do Ventre. 

É claro que todas as posturas do Yoga são maravilhosas e atuam diretamente em nosso corpo, e também em nosso lado espiritual e mental. Mas eu trouxe aqui, as posturas que nao podem faltar nas práticas diárias de bailarinos de Dança do Ventre e Tribal.

Fonte principal de pesquisa através do livro: (A bíblia do Yoga de Christina Brown) Escrito com minhas palavras. 

Postura numero 1: 

V rikshasana – A postura da Árvore 

Assim como as raizes constituem os alicerces que sustentam o corpo e os galhos de uma árvore, também nossos pés e pernas são a base de sustentação que nos permite permanecer em pé com força e elegância. As posturas de equilíbrio expressam nosso estado mental. Para manter o equilíbrio: Temos que estabelecer um foco, impedir a mente de ficar saltando de um lado para o outro. 

Essa é a postura base para nós bailarinas adquirirmos equilíbrio, comecei falando dela, pois acredito que o equilíbrio seja algo primordial pra iniciarmos a dança, pois transitaremos o peso do corpo entre os pés o tempo todo, também subiremos em meia ponta em diversos momentos. Ao praticar essas posturas, também trabalhamos nosso foco e presença, que é uma das coisas mais importantes para que voce absorva conhecimento dentro da dança, sem perder nenhuma informação, e o mais importante de tudo, algo que sempre digo em minhas aulas: quando você tem foco, presença, todas as informações e movimentos são imprimidos mais facilmente em seu subconsciente, e em breve virar a tona através de sua memória muscular também. 

Temos também algumas posturas mais avançadas que irão nos proporcionar benefícios infinitos no foco, força e equilíbrio que são as seguintes posturas: 

Ardha Chandrasana – A postura da meia lua: Essa postura requer equilíbrio, forca e delicadeza, tudo que necessitamos pra dança, né ? 

Virabhadrasana 3 – A postura do guerreiro: Fortalece os músculos das pernas, gluteos e abdominais, enquanto necessita de muito equilíbrio e muito foco também. 

Agora vamos falar rapidamente das posturas que nos trazem força e determinação, além de trabalharem de forma profunda a força e alongamento de diversos músculos do nosso corpo, considero essas posturas importantíssimas nas praticas pessoais de bailarinos, pois nos gera uma grande persistência em nossos objetivos além de gerar força os músculos da coxa e das panturrilhas, nos auxiliando em movimentos de sustentação como por exemplo os Levels e Level Drops:

Virabhadrasana 1 e 2 – Postura do Guerreiro : Essas posturas estão ligadas diretamente com nossa conexão com a terra, essas variações colocam ênfase em bases firmes e estáveis, elas são ótimas para integrar as partes superiores e inferiores do corpo. Elas reverenciam as qualidades heroicas que todos nos possuímos. Recuperam a nossa força física, mental e espiritual. 

Nós bailarinos muitas vezes enfrentamos dificuldades na dança, cada passo novo é uma luta com nossa persistência, é preciso muito foco, força e fé para nao desistirmos do objetivo, então essas posturas nos ajudam manter nossa visão a frente e forte. 

Agora vamos falar de passos e movimentos dentro do Tribal ? Quais posturas podem me auxiliar nos movimentos da dança ? 

Separei agora, minhas duas posturas preferidas para alongamento da parte lateral do corpo, essas posturas auxiliam diretamente em todos os movimentos que utilizam a parte obliqua do abdome, esses músculos são os mais utilizados por movimentos que deslocam os quadris pra laterais como por exemplo: oito Maya, taxeem, infinito. E também são 100% solicitados em movimentos de tronco como sidewinder, Side to Side, dentre outros. 

Parshvakonasana – Postura do Ângulo lateral: Essa postura envolve todos os músculos da coxa e alongam diretamente a lateral do corpo, equilibra e estimula os dois lados do cérebro 

Trikonasana – Postura do Triângulo: Essa postura fortalece todos os músculos das pernas e mobiliza os quadris alem de alongar o torso, abrir o peito e gerar alongamento na lateral do corpo. Nos trás vivacidade e saúde. 

Parighasana – Postura do Portão: Essa postura é um convite para ampliar a visão de quem realmente somos e de que maneira atuamos no mundo. Essa postura aumenta a circulação gera de prana, nossa energia vital. 

Agora vamos falar do Bodywave, Deep Bodywave, Zippers & Laybacks, dentre outros movimentos que requerem nosso alongamento e força abdominal e lombar. Estamos diante das posturas mais poderosas no fortalecimento da lombar e no alongamento abdominal. 

Bhujanghasana – A postura da cobra: Requer força nos braços. Abre o peito, estimula os órgãos da digestão e aumenta a mobilidade da coluna. 

Urdhva Mukha Shvanasana – Cachorro olhando para cima: Fortalece os pulsos e ombros, abre o peito e trabalha toda a coluna. A diferença dela pra postura da cobra, é que seus joelhos saem do chão e os braços e pés se tornam o apoio principal.

Ushtrasana – A postura do camelo: Cria flexibilidade nos ombros e na coluna lombar, além de abrir o peito. Energiza corpo, mente e espirito. 

Dhanurasana – Postura do arco: Flexibiliza a coluna, tonifica os órgãos abdominais e reposiciona os órgãos alinhando o corpo. Ajuda aliviar dores nas costas. 

Agora vamos falar dos quadris, essas posturas são essenciais também em uma pratica para bellydancers, pois é uma das articulações mais utilizadas por nós, o quadril possui um numero grande de músculos internos, alguns deles, pequenos e sensíveis. O desprezo com o alongamento dessa região, não apenas para nós, mas para todas as pessoas pode ocasionar sérios problemas, pois alguns músculos auxiliam até no nosso caminhar, o quadril acumula também energias negativas como ansiedade e preocupação, e esses alongamentos podem te ajudar muito e liberar esses espaços em seu corpo, potencializar seus movimentos e também proteger sua saúde. Esses alongamentos atuam diretamente em movimentos sinuosos, como Maya, taxeem, oitos infinitos e também em movimentos fortes, como shimmies, bumps, drops, dentre outros. 

Eka Padha Adho Mukha – Cachorro Olhando para baixo com uma das pernas elevadas: Aumenta a resposta cardíaca, fortalece os ombros, braços e costas, alonga diretamente os músculos do quadril. 

Anjaneyasana: Essa postura alonga os músculos frontais das coxas e também os músculos iliopsoas que podem ser rígidos e doloridos em muitas pessoas. Feito com o peito aberto e um leve cambree pra trás, também auxilia nos órgãos internos e nos músculos abdominais. 

Supta Baddha Konasana: Abre suavemente os quadris e os músculos adutores das coxas. Estimula a respiração regular. É a famosa “borboleta” e pode ser feita sentada “Baddha Konasana” e deitada “Supta”

Sukhasana: Postura de meditação, pode ser feita apenas para meditar ou também para alongar pra frente. Abre os quadris e os músculos adutores da coxa.

Kapotasana – Postura do pombo: Essa postura pode até ser incomoda para algumas pessoas, pois ela repuxa os músculos dos quadris e glúteos, mas é essencial para um bom alongamento nessa região. 

Agora vamos falar das posturas que fortalecem todo o corpo, posturas que também utilizamos em todas as praticas de Yoga principalmente nas praticas de Vinyasa, essas posturas auxiliam diretamente no fortalecimento dos braços e do abdome. Ajudando nos movimentos da dança como arm ondulations, auxiliando também na sustentação dos braços tão utilizados no Tribal Fusion e também no ATS. Quem nunca sentiu aquela dorzinha nos ombros dançando tribal, né? 

Adho Mukha – Cachorro Olhando pra baixo: Essa postura não pode faltar em uma pratica de Yoga, ela ajuda no fluxo de sangue para a cabeça, alonga a coluna, fortalece braços e abdome, e faz um alongamento profundo nos músculos posteriores de coxa. 

Kumbhakasana (Prancha) e Chaturanga Dandasana: Essas posturas ativam e fortalecem braços, ombros e punhos. Nos gera força física, mental e espiritual. Fortalece o abdome. 

Os músculos abdominais são um dos músculos mais importantes na hora de sustentar nossa coluna e nosso corpo, muitas vezes a dor nas costas é fraqueza abdominal, esses músculos são responsáveis por grande parte dos nossos movimentos na dança, o fortalecimento deles só nos trás benefícios. Os movimentos de torção também são essenciais no alongamento abdominal. Porém toda a sua pratica de yoga vai fortalecer os músculos do seu abdome. Dentre outras posturas como por exemplo a Navasana (postura do barco), temos posturas de torção maravilhosas que também auxiliam na desintoxicação do nosso corpo, ajudando no funcionamento direto do nosso intestino e órgãos internos. 

Muito bem, essas foram as minhas dicas de Ásanas essenciais pra nossas praticas de Yoga como bailarina. Mas sempre devemos lembrar, que o Yoga não é simplesmente um alongamento, é uma prática milenar e também uma filosofia de vida. Todas as posturas necessitam de foto total nos Pranayamas (exercícios de respiração) para que então assim as posturas estejam sendo executadas com seu devido propósito. Uma pratica de respiração e meditação devem fazer parte do seu Yoga, de preferencia antes e depois dos Ásanas, também é essencial praticar o Yoga Nidra, momento em que ficamos na postura de Shavassana (A postura do cadáver), esse relaxamento é essencial pro seu corpo e mente absorverem todos os benefícios. É interessante sempre buscar o acompanhamento de um profissional. 

Espero que o post tenha ajudado, trazido novos conhecimentos e também gerado inspiração pra você bailarino ou bailarina cuidar melhor da sua saúde. 

Gratidão ! Namaste

Luma Shakti 

SEJA MINHA ALUNA ONLINE, E RECEBA TODA INSTRUÇÃO NECESSÁRIA DIRETO DE SUA CASA: BASTA CLICAR NO BOTÃO ABAIXO.

VIDEO OFICIAL DO POST: MAIS DETALHADO !

VIDEOS DE PRATICAS:

 
Marcado com , , ,

8 comentários em “Yoga e Tribal: Eis a combinação perfeita ?

  1. Uma verdadeira aula!! Parabéns! Já fiz algumas vezes antes de fazer suas aulas, mas depois de toda essa explanação e meu histórico de dores na coluna, irei ser mais assídua nessa prática tão benéfica!! Obrigada Luma! Namastê! 🙏

    1. Que bom que se sentiu inspirada a algo tão positivo lindona ! Seguimos juntas. Namaste

  2. Adorei! Parabéns Luma, seu trabalho é sensacional. Grata por ser sua aluna 🙏❤

    1. Gratidão por prestigiar e confiar em meu trabalho ! Namaste 🙏❤

  3. […] de Yoga, que são essenciais pro seu desenvolvimento. Você pode entender melhor esses benefícios no post sobre o Yoga aqui do blog. O yoga vai te proporcionar a força muscular e alongamento necessário pro seu corpo […]

  4. […] de Yoga, que são essenciais pro seu desenvolvimento. Você pode entender melhor esses benefícios no post sobre o Yoga aqui do blog. O yoga vai te proporcionar a força muscular e alongamento necessário pro seu corpo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *